Vida Mais Livre fecha parceria com ProDeaf e passa a oferecer acessibilidade em Libras

Personagem animado em 3D se comunicando por meio da libras
Compartilhe:

A partir de 17 de fevereiro de 2014, o Vida Mais Livre dá mais um importante passo para aperfeiçoar a acessibilidade na web – área em que já é referência –, com a implementação do WebLibras, uma solução do ProDeaf que torna o site acessível também em Libras (Língua Brasileira de Sinais). Agora, todos os usuários que necessitarem traduzir textos escritos em português para a língua utilizada por muitas pessoas com deficiência auditiva poderão contar com essa ferramenta. Vale lembrar que este recurso é gratuito.

Como funciona
Para utilizar o serviço de tradução, basta clicar sobre o símbolo azul com uma orelha com uma faixa, que simboliza pessoas com deficiência auditiva. Se for a primeira utilização, a janela do programa abrirá com o aviso de que é preciso baixar um programa: é o UnityWebPlayer. Ao instalá-lo, clique novamente no símbolo e uma janela com o boneco em 3D será aberta. Aí, é só clicar sobre os textos dos quais deseja tradução.

A interpretação é efetuada por um personagem animado em 3D. A tradução do conteúdo é 100% automática e a estrutura gramatical de Libras é respeitada, permitindo, aos surdos, compreensão plena do conteúdo em sua língua primária.

ProDeaf
Inspirado em um amigo surdo, em 2010 um grupo de jovens empreendedores de Pernambuco desenvolveu o ProDeaf, um software para tradução do português para Libras. De lá pra cá, o projeto foi não apenas aprimorado, como deu origem a outros produtos. Entre eles está o WebLibras, que começa este mês a rodar no Vida Mais Livre. O WebLibras é uma ferramenta que realiza traduções 100% automáticas e, por isso mesmo, é disponibilizada ao público a custos reduzidos. O ProDeaf iniciou a oferta desta solução em 2013.

Outra solução é o ProDeaf Websites, carro-chefe da companhia, também utilizado para tradução de texto para Libras em páginas da internet – nesta ferramenta, a tradução do conteúdo não é 100% automática, sendo revisada por intérpretes profissionais antes de ser disponibilizada –, e o ProDeaf Móvel, o primeiro aplicativo gratuito para smartphones e tablets (Android, iOS e Windows Phone 8) capaz de traduzir a fala e a escrita em Português para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O projeto do ProDeaf, que impulsionou a criação da companhia pernambucana ProDeaf, é fruto de um investimento de R$ 500 mil, feito com financiamento do Sebrae e do CNPQ.

O desenvolvimento do aplicativo móvel levou dois anos e contou com a participação de 12 profissionais, incluindo intérpretes, designer, linguistas e programadores, além de colaboradores surdos das empresas do Grupo Bradesco Seguros – instituição que subsidia o projeto e viabiliza a distribuição gratuita do aplicativo.

No início de setembro de 2013, o ProDeaf Móvel (http://www.prodeaf.net/prodeaf-movel/) chegou à versão 2.0, com melhorias em sua interface, adição de novas palavras ao dicionário e ganhos de desempenho. Em outubro, a companhia lançou o ProDeaf Web (http://web.prodeaf.net), versão que pode ser usada por meio do Facebook para traduzir textos em Português para Libras. Foi também em 2013 que o ProDeaf lançou para o público o WebLibras, E em 2014 o ProDeaf colocou no ar o ProDeaf – Crie seu sinal, que permite aos usuários criarem sinais para palavras que desejem incluir no dicionário do aplicativo.