Maria Goret Chagas expõe telas no Museu da Inclusão, em São Paulo

Diversos quadros de Maria Goret Chagas, na exposição
Compartilhe:

Quando recebeu o título de cidadã francana, em maio do ano passado, Maria Goret Chagas não imaginou que o fato poderia ter influência sobre suas ações futuras; mais exatamente nas que acontecem durante a exposição "Viver com Arte, pincelando com a boca e os pés", no Memorial da Inclusão, em São Paulo. ‘Na homenagem que recebi da Câmara, ganhei um vídeo que contava a minha história e mostrava meu trabalho’. Quando recebi um e-mail do Memorial da Inclusão falando sobre uma possível exposição, enviei esse vídeo e tudo deu certo. Quase não acreditei!’

Leia mais:
Álbum de fotos: Maria Goret Chagas e sua arte

De acordo com a curadora do Memorial, Elza Ambrósio, o trabalho visto através do vídeo a empolgou. ‘As obras da Goret são maravilhosas. É um prazer abrir as portas para artistas talentosos como ela’.

Nas 28 telas que levará ao Memorial, Goret retrata paisagens florais e motivos natalinos, que contam com as cores que têm conquistado até mesmo públicos de outros países. ‘São telas acrílicas e a óleo que mostram bem o meu estilo. Algumas delas são reproduções de obras que já foram expostas no exterior.’ É válido ressaltar que as telas serão acompanhadas de audiodescrição, gravados pela própria Goret, e legenda em braile.

Além da alegria que a artista diz sentir com a oportunidade, outro fato deixou tudo especial. No dia 4, 29 pequenos da Casa Hope, instituição que apoia crianças com câncer, visitaram o Memorial. ‘Fiz uma oficina com eles para ‘bagunçarmos’ com tinta e nos divertirmos. O legal desse projeto é que minha deficiência está servindo para dar ânimo para essas crianças.’ Ainda de acordo com Goret, cem exemplares de seu livro A Estrela de Uma Ponta serão distribuídos entre as crianças.

SERVIÇO:
Local: Memorial da Inclusão
Data: 03 a 30 de abril de 2014
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564, portão 10 da sede da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, dentro do Memorial da América Latina, metrô Barra Funda, São Paulo, SP

Fonte: GCN