Blog ganha destaque ao falar sobre Educação Inclusiva no Brasil

Foto de uma representação de um caderno com fundo azul escuro
Compartilhe:

A educação brasileira nos últimos anos está vivendo uma revolução positiva chamada Educação Inclusiva. E como mais uma base de apoio, surgiu há dois meses o blog Educação Inclusiva Em Foco.

O blog é alimentado diariamente com artigos, reproduções de reportagens, materiais, informações, entrevistas exclusivas e textos inéditos do seu criador e editor, professor Emílio Figueira.

“Tenho me dedicado muito nos últimos anos a produzir conhecimentos e materiais sobre Educação Inclusiva. No blog, as pessoas podem se cadastrar e passarão a receber por e-mail dicas, informações, materiais, palestras virtuais e cursos, dentre outras coisas que possam enriquecer ainda mais os nossos ideais inclusivos!”, relata Figueira.

No ato de cadastramento, a pessoa já recebe gratuitamente o e-book “Quem São Os Alunos a Serem Incluídos”.

Educação Inclusiva no Brasil

Dados da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), mostram que no mundo, as pessoas com deficiência estão entre os grupos de maior risco de exclusão escolar. Segundo o último Censo Populacional (IBGE, 2010), o Brasil têm 45,6 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, o que representa 23,9% da população.

A maioria das crianças e adolescentes com deficiência já estuda em escolas regulares. Em 2013, 77% (648 mil) das matrículas de alunos com deficiência estavam em classes comuns. É um número expressivo, mas que ainda gera muitas expectativas e desafios quando o assunto é Educação Inclusiva.

“Sou bastante otimista com relação a ela. Fico muito bravo quando alguém diz que nada mudou com relação às pessoas com deficiência. Mudou sim, e para melhor”, diz professor e psicólogo educacional Emílio Figueira (45).

Considerado uma referência em Educação Inclusiva no país, Figueira é autor de livros como “O que é Educação Inclusiva”, “A deficiência dialogando com a arte”, “Psicologia e pessoas com deficiência”, “Caminhando em silêncio: uma introdução à trajetória das pessoas com deficiência na história do Brasil”, “Teologia da Inclusão: A trajetória das pessoas com deficiência na história do Cristianismo”, dentre outros.

“A Educação Inclusiva é uma delas. Claro, muita coisa precisa ser melhorada, aperfeiçoada. Temos relatos de casos que deram errados. Mas também temos muitos relatos de sucesso. Tudo é uma questão de processo. E processos precisam respeitar etapas. Assim como as questões que envolvem pessoas com deficiência são culturais, precisam de tempo para mudanças de mentalidades!”, conclui o educador.

Por causa de uma asfixia durante o parto, Emílio Figueira adquiriu paralisia cerebral em 1969, ficando com sequelas na fala e movimentos. Mas nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades. Nas artes, no jornalismo, uma vasta produção científica, é psicólogo, psicanalista e teólogo. Como escritor é dono de uma variada obra em livros impressos e digitais. Ator e autor de teatro. Hoje com cinco graduações e dois doutorados, Figueira é professor e conferencista de pós-graduação, principalmente de temas que envolvem a Educação Inclusiva.

Fonte: R7