Simpósio debate inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Foto de símbolos da acessibilidade em fundo amarelo
Compartilhe:

Pela primeira vez, Maceió será palco de um evento voltado inteiramente para a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Nesta sexta-feira (20) e sábado (21), o “II Simpósio Projeto Inclusão: Desafios e Conquistas” levará ao auditório do Centro Universitário Tiradentes (UNIT) palestras, debates e minicursos que orientam sobre o melhor aproveitamento das capacidades dessas pessoas no ambiente de trabalho.

Dados do Censo de 2010 mostram que 24% da população brasileira – 46% milhões de pessoas – possui algum tipo de deficiência. No entanto, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em setembro de 2014 havia apenas 358.738 pessoas com deficiências atuando em empregos formais.

Desta forma, o II Simpósio vai abordar a importância de uma análise mais profunda e adequada sobre as características e capacidades das pessoas com deficiência em relação às vagas e ao ambiente de trabalho, trazendo para o debate especialistas de várias partes do país em uma data marcante: 21 de março, o Dia Internacional da Síndrome de Down.

“Somos todos diferentes e temos igualdade de direitos. Queremos motivar essas pessoas e conversar com os empregadores dizendo que a ideia está dando certo. Temos depoimentos de empresas pequenas e até multinacionais que falam da diferença no ambiente e no ganho de produtividade que tiveram contratando colaboradores com deficiência”, conta Angela Salomoni, uma das organizadoras do evento.

Organizado pelo Projeto Inclusão, a segunda edição do Simpósio conta com o apoio da Braskem em Alagoas, algo que tem uma dimensão maior do que o simples patrocínio, segundo Angela. “Quando uma empresa dá suporte a eventos que debatem inclusão, como a Braskem nos apoia desde a primeira edição, ela também passa a mensagem aos seus colaboradores que são pais, tios, irmãos de pessoas com deficiência que ela está batalhando junto pela inclusão, promovendo o conhecimento”, defende Angela Salomoni, que é mãe de uma garota de 12 anos com Síndrome de Down.

Programação e inscrições
Entre os palestrantes convidados estão Bárbara Kirchner, diretora de Estratégias do Instituto MetaSocial, que trabalha há quase 20 anos desenvolvendo ações com a mídia para promover a inclusão social, e o cineasta Alex Duarte, que vai falar sobre seu novo filme “Cromossomo 21” no debate “A Síndrome de Down desbravando fronteiras”.

No sábado (21), o minicurso “As possibilidades de inclusão de pessoas com deficiência no mercado formal de trabalho", pela consultora Marilene Silva, vai apresentar a gestores, profissionais de Recursos Humanos e de Saúde como identificar a melhor forma de interagir e integrar colaboradores com deficiências no ambiente de trabalho.

A programação completa e mais informações podem ser encontradas no site do Projeto Inclusão: www.projetoinclusaomcz.com.br.

Fonte: Tribuna Hoje