Exposição “Sentir Pra Ver” chega ao Memorial da Inclusão

Foto de uma das obras expostas no Memorial
Compartilhe:

No próximo dia 8, a exposição “Sentir prá Ver” chega ao Memorial da Inclusão mais uma vez. A abertura é na terça, 7 de abril, e pode ser visitada até 26 de junho. Fica na sede da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, que a recebeu em janeiro de 2014. Quem perdeu, terá mais esta oportunidade para conferir uma seleção de reproduções fotográficas acessíveis de obras do acervo da Pinacoteca do Estado.

A exposição conta com diferentes técnicas e busca, de forma inclusiva, apresentar obras do acervo do museu a todos, pessoas com e sem deficiência. Para a realização da exposição foram adicionados recursos de acessibilidade para auxiliar na locomoção da pessoa com deficiência física e/ou mobilidade reduzida, e para estimular a compreensão das obras para pessoas com deficiência visual. Para os videntes sugere-se a utilização de vendas para a apreciação das obras.

As obras podem ser conferidas de várias formas: pelo tato, com a maquete tátil, pode-se tocar as reproduções em relevo e texto em braile; pelo som, por meio de associação poética e musical e audiodescrição; pelo odor; e, após a retirada da venda, o visitante poderá conhecer a obra por sua reprodução fotográfica, pelo esquema em alto contraste e ainda pela leitura do texto de apresentação da obra. Em seguida, os visitantes são convidados à Sala dos Sentidos, espaço permanente do Memorial da Inclusão, onde poderão estimular suas memórias táteis de sons e odores.

SERVIÇO
Memorial da Inclusão recebe exposição “Sentir prá Ver”
Inauguração: 07 de abril, às 19h – Todos estão convidados!
Período da Mostra: 8 de abril a 26 de junho de 2015
Horário: segunda a sexta-feira, das 10h às 17h
Local: Memorial da Inclusão – Sede da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564 – portão 10 – Barra Funda – São Paulo/SP (próximo as estações Metrô-CPTM Barra Funda)

Fonte: Secretaria da Pessoa com Deficiência de SP