Cão impede que sua dona com Síndrome de Asperger tenha colapso violento

Foto de Danielle e Samson
Compartilhe:

Danielle Jacobs, 24 anos, é uma americana que vive no Arizona. Ela foi diagnosticada com síndrome de Asperger em 2013, o que significa que possui um transtorno do espectro do autismo.

A síndrome é considerada, em termos leigos, uma forma mais branda do autismo. Pacientes com essa condição com possuem déficits persistentes em comunicação e interação social, e a manifestação do distúrbio pode incluir colapsos violentos que levam à autoflagelação.

Para ajudá-la, Danielle adotou Samson, um rottweiler de 4 anos que foi treinado para tomar conta de sua dona.

Esse trabalho animal é sério – Samson possui certificados de treinamento como o CGC (Canine Good Citizen), o CGCA (Canine Community) e o PAT (Public Access Test).

Como bom companheiro que é, Samsom não deixa Danielle machucar a si mesma. Toda vez que ela tem um ataque, ele fica ao seu lado, impedindo-a de se bater e tentando acalmá-la.

Foi a própria Danielle que postou o vídeo sobre seu colapso na internet, a fim de sensibilizar as pessoas sobre sua síndrome.

“É assim que parece ter Asperger”, escreve ela no YouTube. “Isto é o que é considerado um colapso… Eu treinei [Samsom] para ficar alerta a episódios depressivos e de automutilação, não ambos, mas ele percebeu”.

Veja como Samson reage quando Danielle começa a colapsar:

Fonte: HypeScience