Prefeitura de Ponta Grossa cadastra pessoas com deficiência para programas sociais

Símbolos da deficiência intelectual, visual, física e auditiva.
Compartilhe:

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, está cadastrando as pessoas com deficiência que ainda não são atendidas pelos programas municipais.

Segundo o secretário municipal de Assistência Social, Júlio Küller, estima-se que existam 10 mil pessoas com deficiência em Ponta Grossa, entretanto, 1,5 mil são atendidas pelas entidades conveniadas à prefeitura.

Por isso, a estrutura do Ginásio Jamal Farjallah Bazzi, conhecido como Ginásio dos Deficientes, é pouco aproveitada. Segundo a prefeitura, a capacidade de atendimento é para 300 pessoas por mês, mas apenas 150 pessoas são atendidas.

Conforme a Secretaria de Assistência, o ginásio oferece atendimentos nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, musicoterapia, terapia recreativa, oficina de circo, oficina de artesanato e de pintura, oficina de dança e de balé clássico.

“A gente busca, com este desafio, chamar aquelas pessoas que ainda não foram atendidas e que estão em suas casas, numa situação de dificuldade, que possa estar trazendo para o ginásio para participar desses programas”, afirma Küller.

Serviço

O Ginásio do Deficiente fica na Rua Silva Jardim, 7, no Completo Ambiental Governador Manoel Ribas. Para se cadastrar, basta levar documentos pessoais, comprovante de endereço e laudo médico que comprove o tipo de deficiência.