Memorial da Inclusão recebe exposição com reproduções de Tarsila do Amaral produzidas por pessoas com deficiência

Ícone que representa uma aquarela, em fundo amarelo.
Compartilhe:

Entre os dias 7 de março e 26 de abril, de segunda a sexta, das 10h às 17h, o Memorial da Inclusão recebe a exposição “Arte Eficiente: Tarsila do Amaral”. Trata-se de uma mostra com 19 telas, 2 esculturas e um mosaico de placas de imãs de releituras de obras da artista brasileira Tarsila do Amaral produzidas por pessoas com deficiência física e intelectual do Centro de Desenvolvimento Social, Educacional e Cultura Bem-me-Quer.

A exposição, voltada para pessoas com e sem deficiência, traz obras conhecidas como “O Abapuru”, “A Negra” e “O Mamoeiro” produzidas com tinta acrílica e argila. A mostra contará com esculturas táteis, telas interativas, audiodescrição e legenda com caracteres ampliados e em braile.

O Memorial da Inclusão aborda cada uma das quatro deficiências – auditiva, visual, intelectual e física – e conta com atrações como a Sala Preparatória dos Sentidos: um local escuro com painéis de texturas diversas, alteração de temperatura e sensores sonoros e olfativos.

Inaugurado no dia 3 de dezembro de 2009, o Memorial da Inclusão: os Caminhos da Pessoa com Deficiência tem o propósito de reunir em um só espaço fotografias, documentos, manuscritos, áudios, vídeos e referências aos principais personagens, às lutas e às várias iniciativas que incentivaram as conquistas e melhores oportunidades às pessoas com deficiências.

Serviço:

Exposição Arte Eficiente: Tarsila do Amaral
Data: até 26 de abril (de segunda a sexta-feira)
Horário: das 10h às 17h
Local: Memorial da Inclusão – Sede da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564 – Portão 10 – Barra Funda – São Paulo/SP
Visitas agendadas: memorial@sedpcd.sp.gov.br  ou (11) 5212-3727
Entrada gratuita

Fonte: Assessoria