Sesc SP tem oficinas de hortas urbanas com tradução em Libras

Com aulas e vivências práticas, atividade aborda tema sob perspectivas da saúde e do bem estar. Tradução em Libras deve ser solicitada no ato da inscrição.

Close em mãos trabalhando no plantio de uma muda de planta.
Compartilhe:

O Centro de Pesquisa e Formação do Sesc realiza a oficina Hortas Urbanas: saúde e bem-estar para as cidades. As aulas acontecerão entre os dias 30 de junho e 1º de julho no prédio do centro de pesquisa de São Paulo, e possuem opção de tradução em Libras.

A atividade aborda as hortas urbanas sob as perspectivas da saúde e do bem estar, partindo da contextualização histórica em São Paulo e no mundo e de um retrato atual dos movimentos e de suas repercussões diretas. A oficina também prevê vivências sensoriais com espécies de ervas e temperos plantados nessas hortas e uma visita à Horta das Corujas, com roda de conversa com uma das idealizadoras do grupo Hortelões Urbanos.

O curso conta com a participação de Sabrina Jeha (geógrafa e herborista do viveiro Sabor de Fazenda Ervas e Temperos), Silvia Jeha (nutricionaista, Herborista e especialista em cultivo orgânico de ervas e temperos da Sabor de Fazenda Ervas e Temperos) e Claudia Visoni (jornalista, agricultora urbana, criadora do grupo Hortelões Urbanos e voluntária na Horta das Corujas e Horta dos Ciclistas).

Importante: quem quiser tradução em Libras deve fazer a solicitação no ato da inscrição, com no mínimo dois dias de antecedência da atividade.

Serviço:

Hortas Urbanas: saúde e bem estar para as cidades
Data: 30 de junho e 1 de julho de
Horário: 10h às 13h.
Recomendação etária: 16 anos.
Número de vagas: 30.
Investimento: R$ 50 (inteira); R$ 25 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública); R$ 15 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).
Informações e inscrições pelo site ou nas unidades do Sesc no Estado de São Paulo.

Fonte: Ciclovivo