Surdos aprovam aplicativo que traduz informações do Poupatempo para Libras

Mais de cem pessoas com deficiência auditiva já testaram o aplicativo que traduz textos para Libras nas unidades do Poupatempo.

Dois rapazes sorriem com seus celulares nas mãos.
Compartilhe:

O aplicativo que traduz de português para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) as informações sobre serviços prestados pelo Poupatempo foi testado por 102 surdos nos primeiros 40 dias de testes em três postos. A pesquisa com esse universo mostrou que 77,5% usariam novamente e recomendariam a solução.

A solução foi desenvolvida pela startup Hand Talk e os testes estão sendo realizados nos postos do Poupatempo da Sé, de Santo Amaro e de São José dos Campos desde o dia 1 de setembro e vão até o final do ano. O app permite que o deficiente auditivo tenha acesso a um vídeo em Libras, a partir de um código de resposta rápida (QR Code). Ao acessar o vídeo, ele fica sabendo, na Língua de Sinais, o que precisa para obter seu documento.

Para a realização dos testes, o código de barras foi inserido no material informativo sobre o RG e a Carteira de Trabalho, que estão entre os serviços mais procurados no Poupatempo.

Escola para Surdos

Entre os surdos que participaram dos testes estão alunos da Escola para Surdos ‘Instituto Santa Teresinha’. Acompanhados por professores e pela vice-diretora Andrea Bast, os estudantes visitaram o posto da Sé e foram recebidos por colaboradores treinados em Libras.

Os postos disponibilizam tablets, com aplicativo para ler o código, para aqueles que não têm um smartphone. Este dispositivo é necessário para ler o QR Code e “conectar” o cidadão com o Hugo (avatar criado pela Hand Talk para a comunicação via sinais).

Fotos disponíveis em: https://www.flickr.com/photos/poupatemposp/sets/72157675150988605/

Fonte: Segs