Primeira estação de ginástica ao ar livre para pessoas com deficiência é inaugurada em São Paulo

Inauguração acontece neste domingo, 4 de junho, e é resultado de uma parceria entre o Santander e a Prefeitura de São Paulo

Em fundo roxo, há um ícone de uma bola de futebol
Compartilhe:

Inaugura neste domingo, 4 de junho, às 15h, no Centro Esportivo Tietê, zona norte da capital, a primeira estação de ginástica ao ar livre gratuita para pessoas com deficiência. Iniciativa é resultado da parceria entre Santander, Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência.

Adaptadas para pessoas com deficiência, as estações fazem parte do investimento do Santander com apoio da Prefeitura de São Paulo para estimular a inclusão de pessoas com deficiência no esporte, incentivar as atividades físicas e melhorar a qualidade de vida. As novas instalações somam-se a mais de 300 estações de ginástica ao ar livre instaladas em 5 capitais do país: Rio de Janeiro (55), São Paulo (155), Goiânia (35), Curitiba (35).

Para o secretário municipal da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Cid Torquato, a prática de atividades para as pessoas com deficiência pode representar muito mais que saúde e bem estar: “O esporte proporciona a oportunidade de socialização entre as pessoas com deficiência, além de torná-las mais independentes no dia a dia. Isso sem levar em conta a percepção que a sociedade passa a ter das pessoas com deficiência, acreditando nas suas inúmeras potencialidades. O esporte melhora a autoconfiança e a autoestima, tornando-as mais otimistas e seguras para alcançarem seus objetivos”, disse o secretário.

“Uma das mágicas proporcionadas pelo esporte é a integração social, além do aumento da autoestima e da qualidade de vida. E isso deve ser acessível para todos, sem exceções. Os Portadores de Necessidades Especiais são sempre incluídos com carinho especial nos nossos projetos e eventos. Queremos trazê-los para perto. Para isso, vamos oferecer equipamentos de qualidade para que nossos clubes sejam atraentes e acessíveis para todos os públicos” afirma o secretário de Esportes e Lazer, Jorge Damião.

Estação de Ginástica

Com uma área total de 27m2 e seguindo a Norma Técnica da ABNT 9050, a estação de ginástica possui rampa de acesso, barras e paralelas em alturas reduzidas, mecanismos para exercícios aeróbicos de membros superiores, áreas de circulação ampliadas, além de fitas e limitadores de segurança extras.

A área de circulação foi desenvolvida para possibilitar o deslocamento da cadeira de rodas e a colocação da fitas elásticas e TRX – um equipamento que permite realizar treinos mais complexos com o auxílio do peso do próprio corpo. No local, um painel de instruções auxiliará na utilização correta dos equipamentos.

As estações de ginástica são de livre acesso a população, seguindo o horário do Centro Esportivo ou Parque onde estarão alocadas. A estrutura da estação comporta até 9 usuários, sendo possível a presença de 3 cadeirantes por vez. Não é necessário nenhum tipo de cadastro ou inscrição para o uso das estações.

O quê: Lançamento da Primeira Estação de ginástica adaptada para Pessoas com Deficiência
Quando: 04 de junho (domingo), às 15h
Onde: Centro Esportivo do Tietê
Endereço: Avenida Santos Dumont, 143, Armênia, São Paulo

Fonte: Assessoria