Após reforma, governo do PI reinaugura Centro Integrado de Reabilitação

Além de atender às pessoas com deficiência auditiva, o novo espaço pretende atender quem precisa de reabilitação visual

Foto de uma sala fechada, branca , com uma mesa de atendimento e cadeiras vazias
Compartilhe:

Por Lorenna Costa

O governador Wellington Dias entregou, nesta terça-feira (30), as obras de reforma do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir), em Teresina, capital piauiense. A reforma garantiu a ampliação do Espaço Saúde, que atende ao Programa de Saúde Auditiva (PSA) do governo federal, indicação e colocação de aparelhos auditivos e reabilitação auditiva.

Além de atender às pessoas com deficiência auditiva, o novo espaço pretende atender às exigências contidas no instrutivo de reabilitação visual. “O Ceir já tinha uma estrutura para atender deficiência física, auditiva e intelectual, mas agora passará a ajudar também as pessoas com deficiência visual. Agora é possível fazer os exames no Piauí e de forma gratuita, que permitem, por exemplo, saber se a pessoa ouve, com que potência, o motivo e a solução. É uma vitória para todos nós”, destacou o governador.

As novas instalações contam com um consultório de otorrino, sala de prótese, sala de audiologia e sala do bera. “Hoje vivemos um momento de muita alegria entregando mais um serviço que, até então, não estávamos aptos a oferecer. Agora o Ceir está habilitado para ser credenciado no Centro Especializado de Reabilitação IV para que possamos atender a todas as deficiências. Seremos um centro completo”, pontuou o secretário de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo.

Ao todo, foram investidos R$449.999,75, sendo R$ 415.000 de emendas parlamentares dos deputados federais Merlong Solano e Rejane Dias e deputados estaduais Cícero Magalhães, Hélio Isaías e Themístocles Filho, além de R$ 34.999,75 oriundos da Associação Reabilitar.

“No Espaço Saúde, cerca de 300 pessoas com deficiência auditiva poderão ser atendidas e ainda estamos fazendo o planejamento para atender as com deficiência visual, que deve se adequar à legislação”, disse o presidente Voluntário da Associação Reabilitar, Benjamin Pessoa Vale.

Para Idalice Nunes, mãe da paciente Maria Vitória, o novo espaço proporcionará um melhor atendimento para a filha de 7 anos, que possui deficiência auditiva. “Quando ela começou a frequentar o Ceir, descobrimos que ela possui uma síndrome, foi quando iniciaram o tratamento correto. Acredito que, com o espaço voltado para essa área em específico, os serviços ofertados irão melhorar ainda mais, com mais conforto e disponibilidade”, falou Idalice.

Neste ano, o Ceir completará 10 anos de serviços prestados à população do Piauí que possui alguma deficiência e comemora mais de um milhão de atendimentos. “Esta ampliação é mais uma prova do crescimento da sensibilidade e responsabilidade social no estado. Hoje atendemos a, aproximadamente, 1600 pessoas por mês. Temos conquistado muitos avanços ao longo desses anos e vamos seguir buscando melhorias para a reabilitação das pessoas com deficiência do estado do Piauí”, enfatizou a secretária de Estado da Educação, Rejane Dias.

Fonte: Portal do Governo do Piauí