Prefeitura de SP relança atendimento online da Central de Intermediação em Libras

A reativação do serviço da Prefeitura de São Paulo, realizado por meio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, atenderá a população surda de forma remota com intérpretes ao vivo

Em um fundo verde, há um ícone que representa o símbolo de libras
Compartilhe:

A partir da próxima terça-feira, 24/4, pessoas com deficiência auditiva poderão acessar os serviços da Central de Intermediação em Libras (CIL), disponível por meio de plataforma digital, para contatar ou utilizar os serviços públicos do município.

O sistema online, que foi desenvolvido especificamente para a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal com Deficiência, oferece intermediação na comunicação por vídeo entre pessoas com deficiência auditiva e serviços públicos, com intérpretes de Libras em tempo real.

O evento que marca a reativação dos serviços e apresentação da nova plataforma da CIL será realizado no mesmo dia, às 10h, no auditório da Biblioteca Mario de Andrade, no Centro da capital. A data foi escolhida em alusão ao Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais e ao Dia Nacional de Educação de Surdos (23/04).

De acordo com o Censo 2010 do IBGE, a capital possui 516 mil pessoas que se auto declararam com alguma deficiência auditiva, sendo 120 mil surdos  usuários da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS ou com grande dificuldade em ouvir e ainda cerca de 250 pessoas com surdocegueira.

O novo sistema funcionará da seguinte forma: os munícipes com deficiência auditiva poderão fazer download do aplicativo “CIL – SMPED”, disponível gratuitamente para celulares e tabletes Android ou IOS e computadores, via website. Quando acionado, o serviço faz a mediação entre surdo e intérprete

A SMPED disponibilizará também, por meio deste serviço, o software para atendimento em Libras em estabelecimentos públicos, como a Biblioteca Mário de Andrade. Nesses postos, a pessoa com deficiência auditiva entra em contato com a equipe do local que fará por meio da plataforma online o contato com a Central de Libras. O munícipe apresentará sua questão/dúvida em Libras e o app triangula a comunicação entre intérprete, surdo e ouvinte.

 “O objetivo da CIL é promover a autonomia das pessoas com deficiência auditiva. A SMPED tem um papel fundamental de garantir o cumprimento dos direitos e inclusão das pessoas com deficiência, apresentando um projeto reformulado e sempre contando com o apoio da comunidade surda, para que o serviço seja referência nacional, como um dos melhores do país!”, esclarece o Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato.

Sobre a Central de Intermediação de Libras

A Central de Libras funcionará como mediadora na comunicação entre pessoas com deficiência auditiva e surdocegos no atendimento em qualquer serviço público instalado na cidade de São Paulo.

O programa atende em três modalidades: “in loco” para pessoas surdocegas, presencial e digital. Na opção presencial, o solicitante se dirige até a CIL (localizada na sede da Secretaria – Rua Libero Badaró, 425, 32º andar, Centro) para que um intérprete o auxilie.

A CIL Digital funcionará de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 7h às 19h. As solicitações e agendamentos poderão ser feitas pessoalmente ou por telefone e WhatsApp pelo (11) 96470- 4414. Já o atendimento presencial e in loco são realizados das 9h às 17h pelo e-mail agendamento.cil@prefeitura.sp.gov.br

O quê: Relançamento atendimento online da Central de Intermediação em Libras
Quando: terça-feira, 24/4, às 10h
Onde: Auditório da Biblioteca Mário de Andrade
End.: Rua da Consolação, 94 – Consolação
Obs.: confirmar a presença pelo e-mail imprensasmped@prefeitura.sp.gov.br

F
onte: Assessoria