CIEE faz acordo com Prefeitura para criar 600 vagas para jovens com deficiência

Centro de Integração Empresa-Escola realiza feira em que serão oferecidas 7 mil vagas para aprendizes e estagiários

Em fundo azul, há um ícone que representa um currículo
Compartilhe:

O CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) fechou acordo com a Prefeitura de São Paulo para criação de 600 vagas para jovens com deficiência. A informação foi divulgada pelo superintendente geral da entidade, Humberto Casagrande, durante a abertura da 21ª. Feira do Estudante Expo CIEE, que está sendo realizada até domingo na Bienal do Parque Ibirapuera, em São Paulo.

Casagrande lembrou que está oferecendo 7 mil vagas, sendo 2 mil para aprendizes e 5 mil para estagiários.  O encontro deste ano conta com 80 expositores e mais de 100 palestras.

A Instituição atende 300 mil jovens, atualmente, mais de 200 mil estagiários e cerca de 100 mil aprendizes, em um trabalho intenso para atender à crescente demanda dos jovens e das empresas.“O CIEE tem crescido a um ritmo de dois dígitos por ano, mas ainda existe uma ‘fila’ de 3 milhões de jovens em busca de vagas”, lembrou Casagrande.

Para minimizar esse problema, ele recordou que o CIEE  passou por um processo de modernização tecnológica e, a partir de 2018, já conta com o “estado de arte” também nessa área: “Teremos um aplicativo em que o jovem poderá, por exemplo, fazer seu cadastro e interagir conosco. Em breve, também estará à disposição o novo portal e já temos 15 cursos de educação à distância”.

Dessa forma, o CIEE continua empenhado em cumprir sua missão de oferecer apoio a jovens: “Realizamos esse trabalho há 54 anos e vale lembrar sempre que o jovem não paga absolutamente nada pelos nossos serviços”, finaliza.

Fonte: Assessoria