Mara Gabrilli é a 1ª representante no Comitê da ONU sobre os Direitos das PCD

A deputada federal Mara Gabrilli terá o objetivo de realizar intercâmbio de experiências em políticas públicas para pessoas com deficiência

Mara, uma mulher branca e loira, sentada em uma cadeira de rodas, sorrindo e olhando para o lado esquerdo. Ao fundo, o Palácio do Planalto
Compartilhe:

O Ministério dos Direitos Humanos, por meio da Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, parabeniza a primeira brasileira a integrar o Comitê da Organização das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (CDPD), no período 2019 – 2022.

Perante as Nações Unidas, a deputada federal Mara Gabrilli terá o objetivo de realizar intercâmbio de experiências em políticas públicas para pessoas com deficiência, trazendo para o Brasil o que foi bem sucedido e levando para outros países as conquistas que já tivemos por aqui.

Deputada federal pela cidade de São Paulo, Mara foi relatora e autora do texto substitutivo da LBI – Lei Brasileira de Inclusão, que entrou em vigor em 2016, após consulta pública e ampla participação da sociedade civil na sua estruturação.

Responsável por monitorar a implementação da Convenção, o Comitê reúne 18 membros de diferentes países, peritos na temática da pessoa com deficiência. Além da brasileira, foram eleitos os representantes da Lituânia, Nigéria, Austrália, Suíça, Coréia do Sul, Gana, México e Indonésia.

Fonte: Ministério dos Direitos Humanos