Robôs controlados por PCDs servem clientes em café no Japão

Controladores recebem áudio e vídeo e usam computadores ou tablets para orientar os garçons a partir de suas casas

Dois robôs do modelo OriHime-D servindo mesas em um café
Compartilhe:

Robôs garçons controlados remotamente por pessoas com deficiências estão abrindo um mundo de oportunidades em um novo café em Tóquio, no Japão.

O café, que iniciou um período de testes no dia 26 de novembro, utiliza robôs OriHime-D, que são controlados de longe por pessoas que estão presas em casa com condições físicas severas ou com deficiência.

A iniciativa combate o isolamento, além de proporcionar oportunidades de trabalho às pessoas com deficiência (PCDs).

Os robôs garçons tem o tamanho de crianças, com 1,20 metro de altura, e pesam 20 kg.

A Internet é usada para transmitir áudio e imagens de vídeo filmadas pelos robôs aos seus controladores em casa, que podem, então, orientá-los com o uso de computadores ou tablets.

Fonte: G1 – Olha que legal