SP tem novo local de exame de direção para PCDs

Parceria entre Detran.SP e Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência permite dobrar capacidade mensal de provas

Foto de uma chave de carro presa a um chaveiro de metal quadrado; ele é azul e tem o símbolo de pessoa com deficiência física
Compartilhe:

O Governador em exercício, Rodrigo Garcia, a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP), Paulo Roberto Falcão Ribeiro, inauguraram nesta terça-feira (14), em São Paulo, um novo local de exames práticos de direção veicular para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Instalado no Centro de Tecnologia e Inovação – Imigrantes, anexo ao Centro de Treinamento Paraolímpico Brasileiro, na zona sul da Capital, o espaço atenderá cerca de 120 candidatos a motoristas com algum tipo de deficiência física por semana. No futuro, com mais demanda, a capacidade pode chegar a 150 atendimentos diários.

“O Detran se transformou nos últimos anos, virou um dos melhores serviços públicos prestados pelo Estado . Agora, cabe a todos nós procurar oportunidades de melhoria e cada vez mais prestar o melhor serviço público”, destacou o Governador em exercício Rodrigo Garcia. Ele lembrou que “todo esforço que está sendo feito é para atender as pessoas, em especial as que mais precisam”.

Em média, 3.600 pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida fazem mensalmente a prova prática em São Paulo, na unidade Aricanduva do Detran.SP, na zona leste. Com o novo local na zona sul, a capacidade mensal praticamente vai dobrar, proporcionando melhor atendimento à população. No total, 12 mil candidatos a motorista fazem exame prático na Capital, incluindo aqueles sem nenhuma deficiência.

“O Detran de São Paulo reafirma o compromisso com a cidadania, a dignidade e com a igualdade de direitos. Este segundo local para a realização de exames práticos para pessoas com deficiência é mais uma ação do governo paulista no sentido de universalizar o acesso ao processo de habilitação de condutores”, afirmou o diretor-presidente do Detran.SP, Paulo Roberto Falcão Ribeiro.

O novo espaço inaugurado conta com banheiros acessíveis, hall coberto para espera, três salas para atendimento médico, acessibilidade, auditório e a pista com o trajeto da avaliação. Os alunos chegam ao local, passam por avaliação médica e, em seguida, fazem a prova, também acompanhados de médico e examinador.

“Este é um local acolhedor. Com estacionamento e mobilidade para embarque e desembarque das pessoas com deficiência, facilitando para quem vem fazer prova”, destacou Célia Leão, Secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

O passo a passo para o processo de obtenção de CNH para pessoas com deficiência está no portal do Detran.SP. Candidatos surdos podem acompanhar um tutorial em Libras.

Fonte: Portal do Governo do Estado de S. Paulo