Aprovadas propostas que diminuem imposto de pessoas com deficiência

Dentre as aprovações, está a proposta da senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), deduz do Imposto de Renda dessas pessoas as despesas com próteses, órteses e tecnologias assistivas

Em fundo roxo, ícone em branco que representa a balança da justiça
Compartilhe:

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou três propostas que beneficiam as pessoas com deficiência.

Uma delas, de autoria do senador Flávio Arns (Rede-PR), isenta do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) os aposentados e reformados com deficiência (PL 1.302/2019).

Outra, da senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), deduz do Imposto de Renda dessas pessoas as despesas com próteses, órteses e tecnologias assistivas (PL 1.254/2019). E um projeto do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) concede deduções no Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) a empresas que contratarem pessoas com deficiência física, auditiva ou visual (PL 1.281/2019). Ouça a reportagem de Iara Farias Borges, da Rádio Senado.

Fonte: Senado Notícias