Projeto de Lei garante melhores diretrizes de avaliação para candidatos públicos com deficiência

Aprovado dia 8 pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado, o texto passará pela CCJ

Foto do senador Arolde de Oliveira falando em frente a um microfone no Congresso. Ele é um homem de cabelos brancos, está usando um terno e gravata azuis e uma camisa azul claro.
Compartilhe:

O Projeto de Lei do Senado (PLS 335/2018), que propõe melhores métricas para avaliação de candidatos públicos com deficiência, foi liberado no dia 8 de agosto pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado.

A proposta garante avaliações individuais e específicas, com apoio de uma equipe multiprofissional, a candidatos a cargos públicos

Apresentado pelo senador Romário (Podemos-RJ), a ideia do PLS é impedir que candidatos sejam excluídos por critérios supostamente objetivos, sem uma melhor análise.

O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) defendeu o projeto, que segue para votação final da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Para mais informações, acesse a notícia original no site Portal AZ. 

Fonte: Portal AZ