Inclusão com “i” maiúsculo

Compartilhe:

Desde de que decidi assumir a deficiência como um fato social, e não somente como uma característica minha, consegui fazer um link com as aulas de genética que tivemos no ensino médio.

Não é nada científico. É apenas uma conclusão a que cheguei, depois de muito observar o comportamento e a reação das pessoas quando conto meus sonhos, minhas histórias, ou mesmo quando participam de algo comigo.

Para mim, existem pessoas que nascem com o gene Inclusivo – com “i” maiúsculo, mesmo. São aquelas que encaram a deficiência como algo normal e, muitas vezes, ajudam a sociedade a ser menos deficiente em relação a essa causa.

Por outro lado, há pessoas que têm medo de fazer a inclusão ou que julgam a deficiência como uma incapacidade. Não sou daquelas que acha que devemos provar algo para as pessoas, mas esse caso é uma exceção.

Você concorda com a minha teoria? Acha que nasceu com o gene Inclusivo?